Indústrias frigoríficas adotam novas medidas para manter o abastecimento de alimentos

Mesmo no cenário de pandemia a demanda por produção de alimentos mantém-se firme. Com processos de segurança reforçados os pequenos e grandes produtores, assim como as indústrias, buscam formas para continuar suas produções.

Em entrevista concedida a equipe da Scot Consultoria, o professor Dr. Pedro de Felício, fala sobre a importância de manter a cadeia produtiva em funcionamento e as modificações na rotina das indústrias frigoríficas. No bate-papo, Dr. Felício destaca a necessidade de manter o abastecimento de alimentos para o consumidor principalmente os de origem animal. “É necessário manter tudo funcionando, pois, a população depende deste alimento para sobreviver”, afirmou.

Outro ponto importante são as mudanças de rotina de trabalho para garantir a qualidade do produto e a saúde dos funcionários. De acordo com o professor, além de preservar as práticas de sanidade já existentes, as indústrias aplicaram novos cuidados, como evitar aglomeração de funcionários nos refeitórios, medir a temperatura para que ninguém entre na indústria com febre e controle do transporte de pessoas.

“Existem uma série de medidas, normalmente elas já estão em funcionamento com inspeção em termos de higiene, isso já é uma tradição que temos, inclusive com respeito e credibilidade internacional, graças ao serviço de inspeção, nisso acrescenta-se o departamento médico, que terão a certeza de que ninguém entrará em estado febril”, explicou.

Para finalizar Dr. Felício salienta a importância das indústrias esclarecerem através de reuniões e explicações a situação atual do país, transmitindo segurança para seus funcionários.

Veja a entrevista completa clicando AQUI.

Foto: Fernanda Duarte

Ascom ABHB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Translate »