Entrevista Exclusiva com Tiago Fornari, proprietário do primeiro restaurante 100% CCH

Tiago Fornari

Mudança no mercado faz primeiro restaurante 100% CCH apresentar variação um pouco mais “casual” da original

A paixão pela carne assada na churrasqueira e a rigorosa seleção dos ingredientes e fornecedores sempre fascinaram Tiago Fornari, proprietário do primeiro restaurante 100% Certificado Hereford no Rio Grande do Sul. Inaugurado em 1999, o espaço coleciona premiações e se destaca por servir grelhados de carne bovina da raça Hereford com o lema “do pasto ao prato”. Em 2016, atento à crise, o empresário decidiu ousar e apresentar uma nova roupagem. Nesta entrevista exclusiva, Fornari conta para os leitores do Informativo Pampa Pampiano porque transformou o seu Vermelho Grill em Vermelho Grill Burgers & Steaks.

Como surgiu a parceria entre o Restaurante Vermelho Grill e a Carne Certificada Hereford?

O Vermelho, desde 1999, entende que a única maneira de ofertar ao cliente uma carne boa (macia, saborosa e saudável) é ter controle sobre a procedência da mesma. Este é o porquê de nossa existência, a razão que nos norteia desde o nascimento da casa, em Campo Grande/MS. Buscávamos no RS fornecimento de carne exclusiva para o restaurante. Foi então que encontramos na ABHB um parceiro adequado, pois para o Vermelho, o produto Carne Certificada Hereford apresenta padrão e continuidade de oferta.

A carne de qualidade como o elo entre o trabalho do pecuarista e a satisfação do consumidor. Foi com este propósito que vocês idealizaram o restaurante?

A maioria dos consumidores desconhece o trabalho “da porteira para dentro”, desejam unicamente um belo churrasco, num belo ambiente, com bom atendimento e um preço justo. Para atender esta demanda, somente buscando matéria prima produzida por pecuaristas com foco no cliente final.

De forma pioneira, o Vermelho se tornou o primeiro restaurante 100% Certificado Hereford parceiro da ABHB. Quais foram os resultados desta parceria para o restaurante?

Conhecemos Fernando Lopa, Guilherme Dias e Fabiana Freitas de longa data. Acompanhamos o nascimento da carne certificada com curiosidade e entusiasmo. Logo iniciamos testes de fornecimento, e fomos ajustando com o passar dos meses. Resultado é que estamos tranquilos com o fornecimento e podemos nos concentrar na própria operação. E somos reconhecidos em Porto Alegre como local de referência para pessoas que desejam um belo assado.

Já foram inúmeros os eventos idealizados junto com a ABHB. Teve Pilotando a Grelha com Clarice Chwartzmann e BBQ Brothers, Food Station, Casa Destemperados, Expointer, Cursos de Churrasco para mulheres, entre outras atividades. Podemos vislumbrar mais eventos aqui para a frente?

Somos partidários a distribuir e oferecer os conhecimentos obtidos, pois só assim, em retribuição, nos serão ofertados conhecimento alheio, gerando crescimento mútuo. Já temos alguns eventos agendados, ainda para este verão e projetos em andamento. Nossa casa está aberta para buscar experiências e interação com diferentes públicos.

Recentemente o Vermelho Grill apresentou algumas novidades em sua operação. Como foi este processo e o que o originou? 

Estávamos atentos às demandas de mercado. O público estava ávido por mudanças, e o cenário de Porto Alegre mudando rapidamente.  Foi então que realizamos algumas alterações no Vermelho e criamos um novo produto chamado VERMELHO BURGER & STEAKS, uma variação um pouco mais “casual” do original. Esta palavre define bem o novo espaço. Estamos em um novo Mall na capital gaúcha e estamos bastante satisfeitos com os resultados.

Pode-se dizer que a parceria com os irmãos uruguaios Pablo e Sebastian Watenberg, do BBQ Brothers, aproximou o espaço do público jovem?

Conhecemos os Brothers em março de 2016 e enxergamos oportunidade de complementação do negócio. São talentosos e contribuiriam para a formatação da nova proposta, que, como mencionado acima, está mais casual e adequada ao Viva Open Mall.

O cardápio também sinalizou outras introduções, como os pratos Festival do Assador, composto de acém 100% CCH, o Entrecôte do Dianteiro; e Ganhadora, que traz o Shoulder Steak ou Flat Iron Steak,  ambos cortes de bovino de dianteiro. Está sendo fácil a aceitação do público?

Introduzimos em Campo Grande estes cortes de dianteiro, e são sucesso de público, curioso por novidades e surpresos com o resultado. Infelizmente não conseguimos desenvolver por completo estes produtos no cardápio de Porto Alegre. Estamos em tratativas com frigoríficos.

Outra novidade apresentada é a introdução de Embaixadores. Qual será o papel deles na divulgação do restaurante? 

Os 9 embaixadores foram escolhidos a dedo. Entendemos que são sensíveis e compreendem a nossa proposta de foco na carne. Nada é forçado e estão confortáveis em comentar com sinceridade sobre sua experiência e os novos pratos. Atualmente são conhecidos como “Digital Influencers” e contribuem com a estratégia de comunicação da casa. Estamos muito satisfeitos com a relação com eles.

Originalmente publicado no Informativo PampaPampiano 

Por Tatiana Feldens, reg. prof. 13.654

Ascom ABHB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Translate »